Blog
Imagem de implante dentario
9 de setembro de 2021
Compartilhe:

Implantes dentários: tudo o que você precisa saber

As pessoas têm ficado cada vez mais vaidosas nos dias atuais, não só por questões estéticas, mas também por saúde e autoestima. Elas têm buscado formas de se sentir mais confortáveis consigo mesmas quando se olham no espelho. Sabemos que o rosto e principalmente a boca, são as primeiras áreas que outras pessoas olham e reparam. Devido a isso, a maioria dos que desejam mudar algo no corpo, começam por essa região. Cuidam dos lábios e dos dentes, para ficarem com um sorriso bonito, os implantes dentários é um dos procedimentos mais procurados quando se trata de tratamento de reabilitação.

O QUE É O IMPLANTE DENTÁRIO

implante dentário é um tratamento que faz a recuperação total de um dente perdido. O profissional odontológico coloca um pequeno cilindro de titânio no tecido ósseo bucal. A partir dai, uma prótese que poderá ser tanto fixa ou móvel, será instalada como uma rosca. O implante pode ser considerado uma raiz artificial que pode ser colocado no osso maxilar (parte superior da boca), tanto no osso mandibular (parte inferior da boca). O titânio não provoca nenhum tipo de reação, já que ele é biocompatível, sendo assim, o implante dentário é permanente.

O implante dentário é instalado diretamente no osso bucal, por isso a pessoa recupera todas as funções de um dente comum, tendo uma qualidade de vida melhor, além de conseguir mastigar e falar com mais praticidade. São vários os tipos de espessura e tamanhos dos implantes, o que beneficia e atende as necessidades de todos os clientes. Esse é um procedimento bastante eficiente e flexível, já que a sua recuperação é bem tranquila.

Por que colocar implante dentário?

Como já foi dito no início, as pessoas fazem esses procedimentos não só visando a estética, mas também a autoestima e a saúde, já que o implante dentário pode gerar diversos problemas, vamos entender o porquê ele é tão importante.

A falta de dentes pode comprometer diretamente a mastigação de vários alimentos e atrapalhar a comunicação, pode também movimentar os outros dentes, fazendo com que eles fiquem tortos e impacta a abertura e o fechamento da boca, também conhecido como oclusão.

Benefícios do implante dentário

Esse tipo de procedimento pode garantir várias vantagens e são indicadas para a maioria dos pacientes que perdem os dentes.

Em relação à instalação e a manutenção, o implante dentário não precisa fazer o desgaste dos demais dentes, ao contrário de outros procedimentos que são realizados.

Além de ser permanente, o implante é mais duradouro e aparenta ser um dente natural, por isso é tão recomendado por especialistas. Devido a isso, eles costumam ser mais confortáveis e dificilmente resultam em alguma falha durante seu tratamento.

Como é feito o implante dentário

O procedimento é feito em três etapas: cirurgia, reabertura e confecção da prótese.

Cirurgia: Pode ser realizada no próprio consultório, e na maioria dos casos o dentista faz somente uma anestesia no local. A base onde será colocada a prótese é coloca no osso, seja na mandíbula ou no maxilar.  Essa base deve se calcificar junto ao osso, portanto é necessário ter um intervalo de tempo entre essa e a próxima fase, o que pode levar de três a seis meses.

Reabertura: Nessa fase será feita a peça para afixação da prótese.

Confecção: Nessa última fase é realizada a instalação da prótese, ou dente artificial.

O paciente precisa retornar ao dentista uma vez por ano, para fazer a manutenção e/ou controle da prótese, fazer a radiografia e o aperto ou se for preciso a troca dos parafusos.

Implante dentário dói?

O tratamento desse procedimento não é doloroso. A gengiva que é a parte mais sensível do processo fica anestesiada durante toda a cirurgia, por isso não ocorrem dores.  Já na parte do osso, onde é colocada a prótese, pode ter alguns incômodos, mas nada demais.

Se em determinados casos for necessário, o dentista pode receitar injeções anti-inflamatórias poucas horas antes da cirurgia e logo depois, passar alguns remédios, com antibióticos e analgésicos.

 

Leia também:
>>> PRÓTESE SOBRE IMPLANTE: O QUE É E QUANDO É INDICADA?

 

Quais os cuidados pós-implante dentário?

Se o paciente seguir direitinho tudo que foi recomendado pelo dentista, o pós-operatório será simples e tranquilo.  Logo depois da cirurgia, o paciente precisa ir direto para casa e ficar totalmente de repouso por 24 horas. Isso é recomendável porque, quando se está parado consequente à circulação também fica mais lenta e diminui as chances de se ter alguma dor.

A pessoa precisará dormir um travesseiro mais alto, ou apoiar a cabeça em várias almofadas durante a noite e não cuspir ou fazer bochechos para não sair sangue no local.  Não é bom consumir alimentos quentes e duros, o ideal é a ingestão de sopas frias, sorvete, açaí, sucos, iogurtes e gelatinas.

Outras dicas são:

– Evitar ficar conversando muito;

– Não pegar peso ou se esforçar fisicamente;

– Não pegar sol.

O implante dentário não é recomendado para qual público?

As crianças que ainda não tiveram a total formação óssea, não devem investir nesse tipo e procedimento. Já que após o processo de osseointegração, os implantes não se locomovem, o que pode causar vários problemas com as mudanças do rosto.

Os pacientes que usam medicamentos de bifosfonatos, para tratamentos de osteoporose, doenças de Panget e algumas neoplasias malignas, também não devem se dirigir ao implante dentário.  Os medicamentos comprometem a remodelação do osso, afetando os resultados e causando alguns outros tipos de complicações.

Pessoas com comorbidades, por exemplo, que tenham diabetes e pressão alta, só podem fazer o procedimento se a doença estiver controlada e se tiver acompanhamento médico.

Quais os tipos de implante dentário?

Implante dentario

 

O mercado oferece diversos tipos de implantes, cada uma delas atendem as necessidades diferentes do paciente. Mas somente o dentista poderá definir qual será usado.

Unitário Simples: Indicado para repor um dente ou em casos de perda de dentes que não forem sequenciais.

Duplo: Indicado para pacientes que perdem 3 dentes consecutivos, mas somente dois implantes serão instalados.

Prótese protocolo: Indicado quando ocorre à perda da maioria dos dentes, aqui serão colocados de 4 a 8 implantes.

Prótese overdenture: Modelo mais acessível, onde são colocados de 2 a 6 implantes.

Zigomático: Indicado para pacientes que tem atrofia maxila severa.

 

Leia também:

>>> QUAL A RELAÇÃO ENTRE SEU SORRISO E SUA AUTOESTIMA?

>>> ODONTOLOGIA ESTÉTICA: COMO ESCOLHER A MELHOR CLÍNICA PARA SEU SORRISO?

Receba em primeira mão novidades do mundo da moda, descontos, tendências e muito mais!

    Para otimizar sua experiência durante a navegação, fazemos uso de nossa Política de Privacidade. Para proteger seus dados pessoais respeitamos nossa Política de Privacidade. Ao seguir com a navegação e visita, você concorda com nossas Políticas.