Blog
Imagem de uma mulher sorrindo
6 de maio de 2022
Compartilhe:

Gengivoplastia: conheça tudo sobre o procedimento

A gengivoplastia é realizada em clínica odontológica para garantir um sorriso perfeito, melhorando a autoestima do paciente. Mas, afinal, o que é gengivoplastia

A seguir, esclarecemos essa dúvida de uma vez todas! Continue a leitura e descubra tudo sobre esse procedimento!

Imagem de uma mulher sorrindo

O que é gengivoplastia?

Trata-se de uma cirurgia gengival plástica que tem como finalidade modificar o formato do osso e gengiva que envolve o dente. O objetivo desse procedimento pode ser funcional ou estético.

A cirurgia normalmente é indicada para quem tem sorriso gengival, também chamado de sorriso alto, problema que ocorre devido a fatores genéticos ou adquiridos, como a utilização de aparelho ortodôntico. Neste caso, a gengiva do paciente aparece muito quando ele sorri.

Além disso, o procedimento costuma ser indicado para tratar retrações da gengiva, problemas que deixam a raiz do dente exposta. Nestes casos, a gengiva do paciente geralmente é muito fina e a gengivoplastia pode ser uma opção.

 

Por que fazer gengivoplastia?

A gengivoplastia é uma aliada no tratamento de diversos problemas, sejam eles funcionais ou estéticos. Se o paciente tem retrações gengivais, por exemplo, as raízes expostas podem provocar sensibilidade ao ingerir alimentos e bebidas, bem como perda óssea e dos dentes. 

O procedimento é perfeito para tratar bolsas periodontais, evitando o acúmulo de alimentos e placa bacteriana na linha da gengiva, de modo a garantir a saúde bucal.

Na cirurgia, o dentista remodela o tecido saudável, provocando uma melhora na estética dos dentes e gengiva, bem como um menor grau de comprometimento dos dentes e estrutura óssea.

Caso o problema seja meramente estético, a gengivoplastia permite corrigi-lo definitivamente, tornando seu sorriso ainda mais bonito. Assim, o paciente consegue retomar sua autoestima.

 

Como é feita a cirurgia?

Afinal, como é feita a gengivoplastia? O procedimento varia de acordo com o problema a ser tratado. Se for sorriso gengival, por exemplo, há a remoção do excesso de tecido que cobre os dentes. 

Caso seja uma retração, o dentista faz incisões na gengiva, descolamento e remodelamento sobre os dentes. A área é suturada e o paciente deve realizar repouso absoluto de um ou dois dias.

Em um caso de retração muito grave, o profissional especialista pode indicar o enxerto gengival, que consiste na retirada de gengiva de outra região da boca para recolocação nos locais mais aparentes ao sorrir.

Dependendo do caso, o dentista pode recomendar a combinação da gengivoplastia com mais de um procedimento para obter o resultado esperado pelo paciente.

 

Indicações e contraindicações da cirurgia

A gengivoplastia possui indicações específicas, como a correção do sorriso gengival, de gengivas grandes e desalinhadas. Também pode ser recomendada para tratamento de sequelas de periodontite e problemas com implantes dentários.

Sobre as contraindicações, elas são feitas para pacientes que tem algum problema de saúde bucal que pode comprometer o resultado ou pós-operatório da cirurgia na gengiva. Neste caso, recomenda-se tratar esse problema primeiro para depois fazer a gengivoplastia.

Além disso, o procedimento é contraindicado para quem é fumante. Se quiser realizá-lo, indica-se evitar o cigarro antes e depois do procedimento, para minimizar o risco de complicações no pós-operatório.

Mesmo que o procedimento tenha essas indicações e contraindicações, sempre consulte um dentista porque ele é o profissional habilitado para identificar se o paciente pode ou não realizar a cirurgia de gengiva.

 

– Leia também:
>>> Gengiva retraída: o que é? Quais as causas? Como resolver?

 

Quais são os riscos da gengivoplastia?

Como toda cirurgia, a gengivoplastia tem riscos específicos. No entanto, sua incidência só será maior se o procedimento for mal planejado e mal executado. Daí a importância de realizá-lo com um profissional capacitado! Assim, é possível reduzir riscos e ter o melhor resultado possível.

Entre os riscos mais comuns estão as gengivas desalinhadas, black spaces (espaços entre dentes sem gengiva), retração da gengiva e sensibilidade temporária na região e dentes.

 

A gengiva pode voltar a crescer? O resultado é reversível?

Não, a gengiva não volta a crescer. Os resultados da gengivoplastia são permanentes, mas somente se realizados de forma correta, com execução cuidadosa por um dentista especializado.

Além disso, o resultado da cirurgia é praticamente irreversível. Após a incisão da gengiva e do osso que circunda a raiz do dente, não há chance de reverter totalmente o procedimento.

Alguns problemas decorrentes da cirurgia, como o black space, podem ser revertidos usando técnicas específicas como a de enxerto gengival ou uma nova cirurgia plástica da gengiva, mas neste caso mais simples.

 

Como é o antes e depois da gengivoplastia?

O antes de depois da gengivoplastia pode ser simulado por meio de equipamentos e tecnologia, tendo uma maior segurança e previsibilidade sobre os resultados.

Mas atenção para um detalhe importante: ainda que a simulação seja precisa, pode haver pequenas variações entre o que foi simulado e os resultados finais.

É justamente por isso que se recomenda que o paciente não espere exatamente o resultado da simulação, mas sim algo aproximado, para não frustrar suas expectativas.

 

Como funciona o pós-operatório?

De maneira geral, a gengivoplastia pós-operatório exige que o paciente tenha de um a dois dias de repouso absoluto. Nesse período, as gengivas podem inchar e ficar avermelhadas. Então, começam a desinchar após o terceiro dia, voltando a sua coloração normal.

A maioria dos pacientes já pode retornar às suas atividades de trabalho e estudos a partir do terceiro dia de cirurgia, desde que com autorização do dentista responsável pela cirurgia.

 

Gengivoplastia dói?

Uma das principais dúvidas de pacientes é se gengivoplastia dói, afinal, muitos acreditam que procedimentos odontológicos são doloridos.

Na realidade, o procedimento não dói porque o paciente está sob anestesia durante a realização. Portanto, dá para ter maior tranquilidade sobre essa questão.

No pós-operatório, o paciente pode sentir algum desconforto ou leve dor, mas o dentista prescreve analgésicos leves que são suficientes para eliminar esses sintomas.

 

Gengivoplastia em Curitiba

 

Imagem de uma mulher mostrando a gengiva saudável

Tem interesse em fazer gengivoplastia em Curitiba? A Dental Esthetic Center é uma clínica com estrutura completa e moderna para lhe atender!

Nossa equipe é treinada e temos especialistas prontos para lhe prestar um atendimento personalizado, de modo a garantir sua satisfação. Aproveite para agendar uma consulta e saiba se a cirurgia na gengiva é indicada para seu caso!



– Leia também:
>>> 6 dicas sobre tratamento odontológico estético que você deve saber

>>> Odontologia estética: como escolher a melhor clínica para seu sorriso?

 

Receba em primeira mão novidades do mundo da moda, descontos, tendências e muito mais!

    Para otimizar sua experiência durante a navegação, fazemos uso de nossa Política de Privacidade. Para proteger seus dados pessoais respeitamos nossa Política de Privacidade. Ao seguir com a navegação e visita, você concorda com nossas Políticas.